terça-feira, 3 de março de 2009

DETURPANDO BOAS INTENÇÕES



Sempre fui movido mais pela revolta do que por outro sentimento a escrever sobre BBB. Lembro que o BBB sobre qual mais escrevi foi o sexto. A maior manipulação das edições até hoje já vista. Roberta Brasil foi vítima de uma trama macabra que a colocou como uma vagabunda que roubou o Daniel Saullo da Mariana Felício. As madrugadas de uma semana inteira que o casal Roberta e Saullo passaram juntos foram solenemente ignoradas pela edição, enquanto que a choradeira de dor de corno da Mariana era a cena mais corriqueira naqueles dias.

A cada madrugada que eu assistia ao PPV durante essa semana que antecedeu a eliminação do Saullo no terceiro paredão daquela edição, eu tinha esperança e dizia para mim mesmo: "Pronto, agora a edição aberta não tem mais como esconder a relação da Roberta e Saullo, hoje a edição vai mostrar o quanto eles são carismáticos como casal". E mais uma edição era veiculada e mais uma decepção, nem uma cena da madrugada inteira que o casal havia passado juntos. No dia seguinte só me restava desabafar no Microsoft Word. Na época, mandana meus posts para o antigo teleblog do Manga, que os postava nesse blog como textos de um leitor revoltado com o que estava acontecendo.

Foram diversos posts, um mais revoltado que o outro. Cheguei a ter um postado pela Dna. Lupa, na época gravei um diálogo no PPV que denunciava a produção que havia deturpado totalmente o mesmo diálogo na edição para a tv aberta.

Mas nesse BBB 9, heis que me deparei como uma situação diferente. Para minha surpresa, a sequencia de eliminações que aconteceu nas primeiras semanas foi de participantes que na minha opinião nada tinham a acrescentar ao jogo. Pela primeira vez em todos os BBBs eu estava torcendo por participantes que estavam sendo bem vistos pela opinião pública que não tem acesso ao PPV. No primeiro paredão, a saída da "princesinha" Michelle em função da permanência da "piriguete" Priscila e do "jogador" Max, deu indícios de que o público da tv aberta também tinha amadurecido e que não aguentava mais a fórmula desgastada de que ser jogador era o pior dos pecados e de que mulher no BBB tem que ser submissa, virginal, e pobre, de preferência.

O discurso do Bial dizendo que pela primeira vez o público tinha consentido e aprovado uma combinação de votos foi um marco na história de todos os BBBs, pois naquele momento, o Bial, formador de opinião de milhões de pessoas que votam nos paredões, estava de certa forma, referendando a decisão que o público tinha tomado. Naquele momento percebi que essa versão 9 poderia ser um divisor de águas na história do Big Brother no Brasil.

Durante algumas semanas continuei a pensar desta forma. Apesar dos altos e baixos do programa e de seus participantes, ainda prevaleceu durante um bom tempo, o conceito de que jogar não era o maior dos pecados e que lealdade não era sinônimo de perseguição. Mas acredito que o favoristimo atual dos componentes do lado B fez a produção do programa rever seus conceitos em função da audiência talvez, e o que antes era exautado pelas edições, de repente passou a ser sutilmente recriminado. A até então lealdade do lado B que era um ponto positivo de seus componentes passou a ser um ponto negativo, que poderá levá-los, um a um, a perderem boa parte da popularidade por eles conquistada.

Na edição de ontem, a imagem que ilustra o topo deste post, do Max, Fran, Priscila e Flávio em brinde no quarto do líder, foi sultimente acompanhada de uma trilha sonora que tentava nos remeter a um pacto de perseguição, e não de proteção, que é o que na realidade acontece.

Ao ler o último post (Sem querer estar ao lado de quem não quer navegar) da Susan no seu decarapralua, percebi que a leitura da edição que eu havia feito ontem não havia sido solitária. Ficamos preocupados com os rumos dessa edição, a tv aberta parece que não descansa da idéia de protagonista e antagonista, de bem contra o mal, e agora o papel de fazer o mal cabe a quem está no topo da popularidade nas principais pesquisas.

Lamento muito se a Ana ficar hoje. Cria-se um mostro de soberba, vaidade e prepotência. A menina por natureza já tem essas características em sua personalidade, potencionalizando isso então com a volta de 4 paredões, vai ser difícil conviver com ela. Sinto pena dos outros moradores daquela casa se isto acontecer.

Bial, tu até que fostes legal nessa edição, seu carinho com Priscila, Fran e Max te regenera de muitos pecados nas edições passadas, e olha que são muitos mesmo. Mas dizer que a Ana continua "brilhando" foi demais. Desnecessário e descabido são as palavra que me vêm a mente, principalmente num momento que se dava a 24 horas da possível eliminação dela.

Obs.: Susan, desculpe pela citação e pelas imagens surrupiadas, mas você me inspirou hoje com seu texto. Estamos fazendo a mesma leitura neste ano. Bj.

Sds.

Para eliminar Ana Carolina pelo telefone ligue 03031088401 ou envie SMS para 88401

Pela internet:
Clique aqui para votar pra Ana Carolina sair

4 comentários:

Henrique disse...

Bruno, assino seu post, só que estou parando. Não ligo a TV para ser ofendido e nem sou SDM. Não volto a assistir antes que essa desequilibrada saia da casa, e me recuso a vê-la sendo premiada por isso. Se um dia ela sair, antes da final, volto a assistir. Caso contrário...
Fui!!!

Anônimo disse...

MAX AFIRMA QUE NORDESTINO TRANSA COM ANIMAIS.

http://www.youtube.com/watch?v=mRc_CW0tCU8
.

karencristine17 disse...

Mas é verdade...nordestinos e mais um monte de gnt outras regiões tem relações sexuais com animais...ele naum generalizou..mas q isso acontece com maior frequencia em algns lugares do nordeste brasileiro...isso eh fato...quer fzr pesquisa? pode fzr..assim como eh fato q a maioria de casos de estupro acontece nas classes menos instruídas...isso eh fato tbm...
eh uma má interpretação q esse povo tem...e isso tbm eh comum entre pessoas com menos instrução(e nesse caso tbm menos grana)...mas ele disse INSTRUÇÂO...msm pq a Ana Maria tem grana...mas naum eh instruída o suficiente para entender o q Max disse...como disse em outro blog...Ana Maria interpretar bem td o q ouve...ahhh !prefiro me apegar e crer em outros milagres de Deus!

Mari disse...

Pena que só descobri o blog hj. Amei o post, parabéns!!!!