sexta-feira, 29 de março de 2013

AS SANTA VENCEDORAS




Significado de CANONIZAR: v.t.d. Aprovar, certificar ou proclamar santo, de acordo com as normas ou rituais determinados pela igreja, geralmente, refere-se a uma pessoa já falecida. (Etm. do latim: canonizare)
Em Sexta-Feira Santa vamos falar de Santa ? Voltemos a abordar o mais polêmico dos assuntos ao longo de toda a edição do BBB13. A canonização de Andressa Ganacin como Santa do Pau Oco do BBB13 se deu no dia 26 de fevereiro perante um público aproximado de 18 milhões de expectadores, distribuídos em 5,5 milhões de domicílios, considerando uma média de 29 pontos de audiência que esta edição alcançou. Números razoáveis para uma canonização, principalmente se a Santa for do Pau Oco e a Igreja também.

Presenciávamos naquela terça-feira de paredão, talvez, o VT de maior prejuízo à imagem de um participante em toda a história do BBB. Não vamos falar sobre o teor do mesmo em si, pois muito já se falou sobre isso. Se quiserem se aprofundar nas informações transmitidas na compilação desconexa de falas e imagens, leiam esse post aqui do Por Trás do limbo e esse aqui do @_Urgh no Cartas. Naquele 26 de fevereiro, pelos cálculos do IBOPE, 18 milhões de expectadores eram presenteados finalmente com a sua vilã do BBB Crazy. Passávamos ali da metade do programa e os contornos maniqueístas que os editores sempre buscam para aglutinar torcida em prol de rejeição, perigosamente, ainda não estavam desenhados. Sobrou pra Santinha o ônus de vilã. Que ônus que nada... Transformamos o ônus em BÔNUS, e aí que escrevemos um capítulo que vai ficar pra sempre registrado na história do Reality Show brasileiro. A da luta de uma minoria desfavorecida (olha eu me fazendo de perseguido....) contra uma gigante que diariamente bombardeava informações da forma que queria e sem nenhum comprometimento com a verdade, aos seus 18 milhões de expectadores.

Vamos aos números. Se tivemos aproximadamente 40 milhões de votos na final, a distribuição dos mesmos considerando os percentuais divulgados se deu da seguinte forma em termos de milhões de votos: 3,5 pra Andressa, 11,3 pro Nasser e 25,1 pra Fernanda. Considero 25 milhões de votos um PÍFIO desempenho para alguém que teve diariamente, ao longo de 78 dias, sua imagem exaltada e enaltecida para 18 milhões de expectadores. Em contrapartida, os quase 15 milhões de votos que Nasser e Andressa receberam em seus favores foram o INACREDITÁVEL e ESPETACULAR resultado de uma semente que plantamos aqui, nessa net que vos fala. Lembro como se fosse hoje quando eu e a Thay do @SuporteGanacin confabulávamos sobre como iniciar esse processo que culminou no que estamos vendo atualmente. Naquele momento, tínhamos apenas como instinto fazer alguma coisa, qualquer que seja, em defesa da Andressa. Que fosse num blog, no twiiter, ou em qualquer outra rede social, mas nosso alento naquele momento era não cruzar os braços diante do que estávamos vendo, e sim disseminar ao máximo o que estavam fazendo com aquela guria de 23 anos de Cianorte.

E assim o fizemos. Viver para assistir a Andressa escorraçar a Kamilla (tão beneficiada pelas edições) com 68% em um paredão triplo nunca terá preço. Isso foi um momento IMPAGÁVEL. Depois ainda contar com a inteligência e sorte dessa mesma guria paranaense para que conseguíssemos cravar de forma inédita uma 'vilã' na final do BBB, novamente, acho que não merecia tanto. Nunca imaginávamos que quando plantávamos aquela semente quase três meses atrás, teríamos isso pra colher.

Enfim. O Brasil escolheu sua santa. Nós escolhemos a nossa. A que escolhemos, tenho certeza que é do PAU CHEIO. Já a que o Brasil escolheu, absorvendo sem nenhum discernimento o que lhe era oferecido, foi aquela que rezava em voz alta para agradecer aos céus quando alguém de seu grupo voltava do paredão, aquela que se dizia perseguida quando na verdade era uma voraz perseguidora, aquela que analisou o perfil dos vencedores e buscou transparecer um pouco de cada, aquela que se vitimizou em todas as oportunidades que teve, aquela que construiu um conto de fadas de amor do mais constrangedor e piegas que já vi até hoje no BBB, aquela que teve tudo em seu favor ao longo de 78 dias de edição, até mesmo o inacreditável de ter um blog hospedado e linkado no site oficial do programa, diariamente denegrindo a imagem de qualquer outro que não fizesse parte do Castelo e exaltando e enaltecendo o príncipe e a princesa de lata, aliás, de papel alumínio, de tão verdadeiros que eles eram.

VIVA ANDRESSA GANACIN
VIVA A SANTA DO PAU CHEIO

segunda-feira, 25 de março de 2013

O IMPROVÁVEL CADA VEZ MAIS PERTO [2ª parte, Nasser Rodrigues]





No dia 13 de fevereiro fiz dois textos que mudaram o rumo desta edição, pelo menos para mim. No primeiro exaltava a Andressa e derramava toda a minha revolta com a sociedade por naquele momento querer julgar e já condená-la. No segundo texto, feito logo após a edição da TV aberta, fazia uma previsão do que poderia estar por vir a partir de uma das maiores mancadas da história do BBB, quando Nasser não interpretou da forma correta o direito de dar o poder do veto e presenteou justamente quem ele queria tirar da prova do líder com o poder de tirá-lo. Naquele dia, logo após a cagada de Nasser no 'ao vivo', fiz um post chamado 'Obrigado Nasser, meu bom'.  Via ali uma grande trajetória que poderia estar sendo escrita a partir de um equívoco cometido pelo gaúcho. Modéstia a parte, como previsto, o erro cometido trouxe à tona a fragilidade que Nasser precisava para sobreviver no jogo naquele momento. Ivan e Andressa rindo de suas próprias desgraças com Nasser nos dias que se seguiram fizeram com que muitos se apaixonassem por eles. 

As circunstâncias que trouxeram Nasser a essa final, sempre estiveram envoltas em suas declarações de confesso jogador aliadas à sua capacidade de contrastar essa característica com uma sensibilidade única nesta edição. Atrevo-me a dizer que Nasser, dos 16 que estiveram ali, foi o participante que mais se sensibilizou e acusou a pressão do jogo em si. Era muito interessante e contraditório ver o Gaúcho, dito por si próprio jogador e pelos outros frio e calculista, se debulhar em lágrimas mediante qualquer situação que exigisse um pouco mais de demonstração de sentimento. É o tipo de contradição boa, que adoramos ver. E a suavização de seu jogo foi acontecendo em paralelo ao sentimento que cada vez mais ele desenvolvia por Andressa. Não sei se Andressa é responsável direta por esta mudança de Nasser ao longo do programa, mas se não foi diretamente, ao menos foi quem deu a oportunidade de uma expressão maior e mais clara dos sentimentos do rapaz. E talvez, se Nasser não tivesse a encontrado pela sua frente, poderia ter carregado o ônus por mais tempo de jogador frio e calculista que em alguns momentos tentaram lhe impor. E prestem bem atenção, não estou tirando o mérito de Nasser. Apenas estou dizendo que Andressa foi o fator que fez com que ele tivesse o desequilíbrio emocional necessário pra ser visto como um jogador que 'jogava com o coração', como ele mesmo mencionou recentemente em seu paredão com Fani.

Como já havia falado em outras oportunidades, Nasser é o cara que gostaríamos de ter como irmão ou amigo de infância. Tipo aquele cidadão que sabemos que sempre estaria ao nosso lado em um momento de  dificuldade. Deu demonstrações de que quando 'fecha', 'fecha' de verdade. A transparência com que sempre fez suas colocações dentro da casa, tanto para aliados quanto para adversários, nos faz acreditar de fato que esse Gaúcho é assim aqui fora, sem tirar nem por. Sorte da Tai e do Stefano que têm, este por enquanto vendedor, como grande amigo. Sorte dos pais que o têm como filho. Sorte a nossa que o tivemos durante esses quase três meses como participante de um reality show transmitido 24 horas para nossas residências.

O milhão e meio pode vir ? Pode. É improvável ? É. Mas para essa torcida  não foi sempre assim desde o início desta edição? Em algum momento desistimos em função das poucas probabilidades que tínhamos? Se o tivéssemos feito nem estaríamos aqui falando sobre esse assunto. Talvez a essa altura, estivéssemos sendo obrigados a acompanhar Elieser e Kamilla nessa final. Ao menos, e no mínimo, tivemos a oportunidade de conhecer e conviver com este GRILO durante 78 dias. Tenho certeza ABSOLUTA que NASSER RODRIGUES, independente de qualquer resultado amanhã, já escreveu parte da história deste programa. Ficará, com esse jogo reto, confesso e de coração, guardado em nossas memórias por muito tempo. E se o milhão e meio não vier, já sabemos o por quê. Não será por demérito, mas sim por uma competição que foi travada com armas completamente desiguais. Em qualquer outra situação, Nasser e Andressa se revezariam facilmente em 1º e 2º lugares por tudo que construíram ao longo do programa. Se isto não acontecer, faremos com que se sintam assim a partir de amanhã a noite, pois, definitivamente, fizeram por onde assim serem recebidos aqui fora.

domingo, 24 de março de 2013

O IMPROVÁVEL CADA VEZ MAIS PERTO [1ª parte, Andressa Ganacin] e RECADO DA TIA RÔ, MÃE DA ANDRESSA, PARA A TORCIDA







Andressa Ganacin entrou meio que perdida no BBB13. Ela mesmo reconheceu isso há dois ou três dias quando fazia com Nasser uma mini retrospectiva sobre sua  trajetória desde a entrada naquela casa. Fugindo de um relacionamento fadado ao fracasso, Ganacin viu em sua entrada no BBB a possibilidade de romper com todos os preceitos a que havia se submetido por mais de vinte anos. Mas ao mesmo tempo, via na exaltação desses preceitos quando lá estivesse, uma chance de, quem sabe, criar um perfil que pudesse cair nas graças  das expectadoras do sofá e levá-la, a no mínimo, uma razoável permanência no confinamento. Daí então começaram as contradições para muitos e para nós, um deleite em vermos uma pessoa se redescobrir e se transformar tanto em tão pouco tempo.

Mas vamos tentar buscar a causa raiz do problema, e o por quê de Andressa ter jogado tudo pra cima e buscado um novo horizonte para sua vida. Vamos a trechos de uma matéria recente sobre a percepção do povo de Cianorte a respeito da participação de sua representante no BBB.

CATÓLICA
Segundo eles, Andressa era conhecida e muito querida na cidade. Frequentava a missa todas as quintas-feiras sem falta, ao lado do ex-namorado, Jean Nunes. "Um bom partido" é como Jean é descrito pelos moradores. "Bom, atencioso, simpático, de boa família, trabalhador, íntegro, esforçado". Estava sempre ao lado dela. O casal raramente frequentava festas ou boates. O lugar público onde eram mais vistos era a igreja. "Pareciam o casal perfeito. Pouco antes do 'BBB', eu comentei que achava que eles casariam em breve", diz uma ex-cliente da clínica de estética de Andressa, que também preferiu não se identificar. "Todo mundo ficou decepcionado e até assustado com a atitude dela no 'BBB'. Ela era bem participativa na igreja, fazia leituras e era articuladora do dízimo. Julgava as outras de periguetes, mas fez pior", continua a cliente. "Ela agiu como se o 'BBB' fosse a última coisa da vida dela, a única coisa que valesse a pena. E isso foi ruim para a imagem dela", completou o conhecido.

Quando li essa matéria, comecei a entender o que se passou na cabeça de Andressa quando ela entrou no confinamento. A suposta conduta religiosa e pudica que os moradores de Cianorte dizem que Andressa tinha se deparou com danças sensuais quase sexuais regadas a muito álcool na primeira festa desta edição. E foi nesse momento que Andressa começou seu estilo de jogo pra dentro, mesmo que ainda inconscientemente. Os comentários "maldosos" que ela tecia a respeito das veteranas que sensualizavam nas festas (e que ela acreditava não ter capacidade para fazer) faziam com que Andressa começasse a ter identificação e criasse alianças no jogo. A tática de sobrevivência de Andressa dentro da casa, já posso considerar um dos planos mais perfeitos que já vi até hoje no BBB. Não dá pra saber ao certo se todas as massagens, distribuição de declarações de amor nas festas, distribuição de conselhos e atenção indiscriminada foram calculadas ou se são o jeito Ganacin de ser. Mas o que fica é a lição de convivência que Andressa trouxe neste BBB. Como já havia dito em uma outra oportunidade, essa Cianortense me lembra a Juliana Lopes do BBB4. Considero as duas, as participantes que talvez mais tenham se entregue a esse jogo ao longo desses 12 anos. O fizeram sem medo de qualquer tipo julgamento que sabiam a que provavelmente estariam se submetendo. O Rafa (@_urgh) postou ontem uma grande verdade que ouviu da Dessa: "Pois é, me falaram que eu tinha que curtir isso daqui, mas eu acho que eu levei muito a serio" É por essas e outras que nos apaixonamos tanto por essa menina de Cianorte.

Mas voltando à dinâmica que manteve a Ganacin por muito tempo sem ser votada dentro da casa, com esse jeito de jogar apenas para dentro sem se preocupar com o julgamento que faziam do lado de fora, Andressa  se livrava dos votos internos mas se tronava um alvo fácil para antagonizar o Castelo e seu casal real e a partir daí, de esquecida, passou a ser execrada nas edições. Tínhamos a princesa, o príncipe e seu conto de fadas e a bruxa má que havia traído o namorado de 8 anos em rede nacional. Perfeita combinação para criar uma das maiores rejeições do BBB13 e uma avalanche de milhões de votos em um possível paredão onde Andressa estivesse contra Fernanda ou André. Mas Andressa rasgou tudo o que havia sido planejado para ela pelos editores. Com sua entrega única nesta edição, criou uma identificação com milhões de expectadores do PPV e da Net, que assistiam a um verdadeiro show de realidade e o renascimento de um participante no jogo e não a uma realidade paralela, um conto de fadas que foi criado pelos editores do programa para ser exibido todos os dias depois da novela da nove.

Começava aí, uma movimentação de torcida na Net poucas vezes vista até hoje desde que o Twitter é utilizado como ferramenta de defesa e ataque aos participantes do reality. A cada dia que o casal NADESSA era ignorado ou execrado pela edição, milhares de expectadores se reuniam no miniblog para expressar a revolta que tinham contra toda a manipulação das edições. Andressa Ganacin e Nasser têm uma das torcidas mais fanáticas e apaixonadas que vi até hoje no BBB. A entrega desses torcedores é simplesmente inacreditável. Tenho que citar a Rafa do @SuporttNasser e a Thay do @SuporteGanacin e @OficialGanacin, que passaram noites e noites em claro movimentando as torcidas nos inúmeros paredões que tivemos que enfrentar. Sem elas, talvez não teríamos chegado até aqui com esses dois na final. Costumo dizer que os quase 4.000 seguidores que Andressa e Nasser têm em seus perfis oficiais, o @OficialGanacin e o @NasserOficial, valem muito mais do que qualquer outro perfil de participantes dessa edição que tenha 20.000 seguidores ou mais. A dedicação e a entrega  desses quase 4.000 foi única e inabalável ao longo desses quase 3 meses, coisa que não vejo na torcida da adversária atual e dos já eliminados.

E foi assim que Andressa Ganacin chegou à final do BBB13. De vilã e antagonista do Castelo, o casal de conto de fadas criado no mundo imaginário de Bones, à finalista da 13ª edição do Reality Show mais popular do mundo em sua versão brasileira.

Em um próximo post veremos um pouco da trajetória do gaúcho Nasser Rodrigues.

Seguem aí abaixo OS MAIS SINCEROS AGRADECIMENTOS da Família de Andressa Ganacin. Sua mãe, mais conhecida como TIA RÔ, nos mandou esse texto agradecendo a cada um de vocês que contribuíram para que Andressa chegasse até onde chegou neste dia de hoje.

"E aí você se depara com situações na vida que são inesperadas, e ainda com reações impertinentes.Não sabemos ao certo como, mas sabemos quem são as pessoas que estavam e estão hoje até o final ao nosso lado. Esses são amigos, sim. Amigos! Aqueles que sabem da razão, mas agem com o coração! E foram essas e outras pessoas que mesmo não sabendo de nossas vidas e nem como éramos nos deram forças pra encarar tudo isso de uma maneira grandiosa e cheia de expectativas boas. E são essas pessoas para quem hoje estamos aqui.
Para não só agradecer, mas sim pra dizer que VOCÊ é grandioso, de um coração cheio de amor, dignidade, caráter e principalmente, humildade! Não temos palavras para expressar o que você foi, e o que você é. Agradecemos por ser assim, e por ter nos acolhido, por ter nos ajudado. E até mesmo por ter chorado conosco quando preciso, vocês foram amigos, irmãos! Deixo aqui os nossos agradecimentos com todo carinho! Não conhecemos, são vários nomes, de vários lugares e que fazem e fizeram muita parte desse momento de nossas vidas! Deixo aqui também meus agradecimentos a Lu Haut e Sr Wilson, Elias Aranha, Letícia Biggi, Thay, Bruno Côrtes, Lucas, Gabi, Edno Guimarães, Glaucilene e Marco Franzato, que foram pessoas essenciais e que nos ajudaram! Muito Obrigada a todos vocês que estão nos apoiando!
Um grande beijo, Rosangela Britto."

O JOGO DE VITIMIZAÇÃO DA FERNANDA, por @twittensa_




"Começo aqui com uma afirmação que canso de ler na timeline ou em mentions.

- Mas, tênÇá, a Kamilla quer que a Fernanda ganhe e não o NASSER.

Ok. Tudo bem.

Primeiro: A Kamilla é a Kamilla. A Kamilla tem o ponto de vista dela, a Kamilla conviveu no jogo e eu assisti e tirei minhas conclusões. E, não é o motivo de eu ter torcido por ela que me faz ~ TER QUE PENSAR COMO ELA ~. Né verdade?

Cada um com a sua opinião sobre o jogo e participantes.

Vamos aos participante que ainda estão na casa, ou melhor, vamos ao 2 participantes que tem preferência ao prêmio.

Porque não Fernanda?

Bem, o jogo da Fernanda como já disse 1 milhão de vezes, é um jogo DE VITIMIZAÇÃO que não me interessa e não me agrada.

Fernanda a verdadeira SANTINHA (pro sofá) e AMIGA DE TODA CASA (pro sofá). Vamos lá...

1. Ela se fez de vítima com André. Forçou o cara a ficar com ela na primeira festa, mesmo diante de um: “vc não faz o meu tipo de mulher, o tipo de mulher que eu me relacionaria lá fora”. Acho que de todas as cenas do BBB13, a tentativa dela forçar o André a ficar com ela, meio que ridicularizando eles na frente de todos, sim porque diante de todo mimimi dela, ele nem tinha pra onde correr. Tipo: Em que bronca estou me metendo logo na primeira semana? Se eu der um ‘fora’ nela aqui, o Brasil vai me julgar como o cara que foi escroto com a menina loirinha que tava afim dele”. Ela o colocou numa cilada. Ele tinha a opção de sair dela ou continuar. Só que a opção de sair da cilada, seria com ela, e foi o que restou. A menina correu a festa inteira se pintando de sofrida, ficou pressionando ele como uma psico chata forçando situações que ele não estava nem um pouco confortável de encarar: desde uma simples conversa até o beijo (tudo era forçado, tudo soou forçado). Ok. Depois dessa festa e de inúmeras DR`s, eles continuaram ficando de forma nada natural, tudo soava tão forçado. E com um dialogo q não esqueço, Fernanda dizendo: Eu preciso de vc pra ganhar isso aqui. Ela era sempre chata, sempre forçada no relacionamento, sempre mimada demais, pressionava uma situações que a pessoa não tinha nem como sair... até o episódio da água, do copo de água que ela jogou no rosto dele. Como sempre descontrolada. MAS GENTE ELA É PERFEITA. Ah é? André resolveu, portanto, que não ficaria mais com ela. E continuava a falar q ela não era o tipo de mulher q ele se relacionaria aqui fora nanana... A peregrinação de queimação a André era diária. Sempre se juntava com Andressa pra falar do “príncipe imperfeito”...

2. Ela se fez de vítima com Kamilla. Fernanda não era ninguém, sem antes se acompanhar por Kamilla. Lembro que ela dizia q ela não tinha ninguém e parecia uma ~ samambaia ~... Sim, ela repetiu isso, por diversas vezes, no inicio do pgm. Ela ficava incomodada de não ser o centro das atenções e se sentia ameaçada pelo elenco de veteranos(as). Fernanda era insegura e tinha baixa estima (não que ja tenha superado). Quando Kamilla chegou na casa, ela não tinha uma boa impressão de Kami e até chegava a julgar, falar mal de Kamilla . Como os grupos se formavam, Fernanda enxergou uma Kamilla sozinha e resolveu se ‘chegar’, afim de não deixa-la sozinha, pois ela sacou/sabia que o publico acolhe personagens que sofrem, que são rejeitados pela casa, e esse papel de vítima caberia somente à ela, Fernanda, pois o script da vitimização era só seu e seu, e está sendo até hoje. Ela não poderia perder o trono de vítima. Mas, a Kamilla era sim perseguida pela casa e até aqui fora, como observamos no decorrer do reality.

Mas, Kamilla era perseguida por seu comportamento. Enquanto Fernanda era perseguida, por forçar situações que ela construía e criava, no mundo paralelo dela. E hoje mais do que nunca, está mais do que provado de que quem (André/ Kamilla) entrou no mundo paralelo dela, apenas se complicou, pois saíram fantasiados como pessoas que não fizeram a sua vontade ou que até fizeram, mas pagaram pelos erros da ‘mimadinha do boninho’, a qual a edição comprou e vendeu como ser perfeito para o sofá. Já A FERNADA DIFERENTE DA KAMILLA, ~ SE FAZIA ~ DE PERSEGUIDA, forçava sim situações que pudessem ser passadas para o público como se ela fosse a sofrida da história, como se fossem todos na casa, contra ela. Ou como apenas a sua verdade, fosse absoluta. (egoísta sempre)

Ex1: Quem lembra quando FERNANDA forçou uma DR em frente da Kamilla e André, afim de colocar os dois em saia justa e ela sair como a coitadinha da história. (Sendo q nessa situação, ela quis colocar André e Kamilla como culpados, quando a única pessoa que dava em cima do Marcello e se insinuava, era a própria Fernanda)

E quando André ou Kamilla ficavam chateados com algo, ela saia correndo pra contar pra casa toda que: “eles não a entendiam”, “que o andré não a respeitava”, “que Kamilla não sabia ouvir”, “que andré não queria saber dela”, “que Kamilla era explosiva”, “que André tinha que entender que ela era amiga de Marcello”. Ou seja, sempre trabalhando na desconstrução dos amigos/ aliados e até do namorado, afim de se estabelecer, ser vitimizada, ser a única sofrida e incompreendida da história.

‘Dar’ o líder pra Kamilla, quando Kamilla ainda tinha o momento REFRESH foi outra forma de se vitimizar. Pois este ato emocionaria o povo do sofá, como emocionou muitos de nós, e assim ela seria vista como aquela que se doou quando a amiga preciso (oh, coitadinha), como aquela que abriu mão de algo (oh, q mocinha boa). Tudo de caso pensado. Kamilla carregaria nas costas esse peso, que até hoje a torcida da Fernanda joga na cara da torcida da Kamilla e da própria Kamilla. Mas qndo doamos algo de coração, é necessário que se cobre? E porque Fernanda, no quarto do líder, praticamente cobrou de Kamilla uma possível liderança? Kamilla disse que queria muito se líder e que precisava, Fernanda prontamente falou, com ar de egoísmo que ela precisava ser líder, que nunca tinha ganhado nada e precisava ‘aparecer’. Só não falou um: Deixa pra mim que eu já deixei pra você, por motivos de: ela nunca falaria claramente para as cameras isso. Fernanda sempre ‘trabalhou/encenou’ friamente para as cameras. E é isso que me intriga na PERSONAGEM Fernanda. Tudo dela é frio e calculado. Mas pq ela tenta ser vítima? E, tenta ser a advogada inteligente e correta? Ou ela é segura, ou ela é insegura? Ou ela é amiga, ou ela é colega? Ou ela é Maria ou ela é Fabiana? Ou ela é Fernanda ou ela é Kleber Bambam? Ou ela é adulta e educada ou ela é aquela que joga líquidos no rosto dos caras? Enfim...

A FERNANDA TEM DUAS FACES.
DUAS FACES QUE PREJUDICARAM QUEM ESTAVA PRÓXIMO DELA
DUAS FACES NO QUAL A EDIÇÃO RESOLVEU MOSTRAR APENAS UMA.

Tem muito mais... porém o texto vai ficar mto longo. Mas, Kamilla se prejudicou não apenas por seu jogo/comportamentos, mas também pela aproximação de Fernanda. E, Fernanda usou de escada para crescer no jogo, tanto Kamilla, quanto André. Sem eles, ela não seria absolutamente nada.

O enredo dela, o script dela, girou em torno deles. UMA PESSOA QUE SE DIZIA AMIGA e sempre que dava os desconstruía.

3. Ela se fez de vítima com Andressa Disse que não votaria em Andressa, fez maior drama mexicano no dia da festa que antecederia o paredão em que supostamente ela teria que escolher entre Kamilla e Andressa.
E, como todos já viram em vídeos. Ela colocaria sim Andressa,
Caso empatasse, no paredão. E nos cálculos dela sabia sim, q Nasser iria pela casa, etc. O processo de vitimização com Andressa se deu no momento em que ela disse que nunca faria isso, que Andressa estava destruindo o sonho dela de ir pra final com o André, como se ali nenhum outro sonho fosse mais importante que o dela. Mais uma demonstração do quão egoísta ela é.
Antes de conversar com a pessoa que ela diz que é amiga dela, ela torrou bastante Andressa por trás, falou o que queria, argumentou para as câmeras, fazendo sempre o uso do seu boneco ‘principe’. Script concluído. Então se preocupou em conversar com a sua ~amiga~ Andressa. A pior apelação durante o dialogo das duas, foi quando Fernanda disse aos prantos que levou uma oração pra casa e o que ela mais pedia a Deus era pra ensinar ela a amar ( detalhe que a oração era da Kamilla, Kamilla que levou) E A CARA DA FERNANDA NEM TREMIA. Hahahahahaha Encenação e vitimização PURA!

4. Ela se fez de vítima no relacionamento com André usando o Marcello. E digo mais, até numa tentativa de queimar André e assim ele se reaproximar dela. Sim, acredito na mente insana dela de articular isso, tanto que se fez de cega sempre que André e Natalia ‘flertavam’ em festas (sendo sempre alertada por Kamilla). Então, ela corria pra dançar com Marcello, ou pra julgar/falar mal de André pra Marcello (sabendo que Marcello não era bem quisto por André). Se isso não for tentativa de queimar alguém q supostamente vc diz gostar e SE vitimizar, O QUE SERIA? Nossa, tensa, mas ela tava apaixonada, as emoções ficam afloradas. Ok. Se muitos duvidam, quando Marcello saiu e disse: Se eu quisesse ter ficado com Fernanda, ela ficaria”. EU NÃO DUVIDO. Sou mulher, e toda mulher que tá interessada num cara e o vê ali por perto, dançando junto, olhando no olho, bonitão, interessante, que fala o que você gostaria de ouvir, te defende, demonstra cuidado, ou continua e deixa rolar, ou dar um ‘chega pra lá pq já tem alguém o qual não quer trair, ou continua o joguinho e o que é pior? NA FRENTE DO CARA QUE SE DIZ APAIXONADA. Não sei o quanto vocês tem memória curta, eu tenho muita/demais, mas lembro muito bem do CASTELO APAVORADO tentando eliminar Marcello em todas as vezes que ele foi para o paredão, cês podem ter certeza que não era por medo de Marcello ter um suposto casinho cá Fani ou Nati. rs Tentou sim, fazer do MARCELLO um Wesley, o cara que ampara a mulher sofrida e dar muito amor e atenção, enquanto o outro bebe, se diverte com os amigos e dança com as piriguetchys da festa.

5. Ela se fez de vítima sempre que votou em alguém e correu pra se desculpar. Que méritos de jogadora tem uma pessoa, QUE VOTA, ACUSA, e depois corre pra SE VITIMIZAR?

6. Passou 3 meses SE defendendo e fazendo seus aliados (André, Kamilla e até Eliéser) acreditarem que ela os defendia, principalmente quando votavam juntos. MAS QUE TIPO DE AJUDA É ESSA QUE VOCÊ DÁ E DEPOIS TOMA DE VOLTA? Sim, porque apesar de Fernanda votar junto, ela sempre encontrava uma maneira de tirar o corpo dela fora e jogar os outros no caldeirão. Ou estou errada? Lembro bem do episódio, que logo após uma votação, ela correu pra Xepa pra falar dos planos de seus aliados, SE justificando e os entregando de bandeja para o time adversário.

Fernanda sempre se vitimizou. Percorria a casa para acusar os outros e se defender, quando na tentativa de defender alguém que supostamente ela gostava, o jogo acabava virando e ela terminava com um: EU isso ou EU aquilo. Quando você gosta, você defende. Você não acusa, você não queima essa pessoa pra pessoas que você sabe que não são confiáveis, pelo menos para teus amigos. André não confiava em Marcello e em Andressa, mas era sempre esses dois que Fernanda procurava pra ‘desconstruir’ André. E, Kamilla não gostava de Andressa, Natalia e Nasser, e eram sempre esses três, ou mais Andressa que levava depois tudo pra Nasser, que Fernanda mais procurava pra descontruir Kamilla. Mesmo com pedido de André: Não me exponha, não fale com Marcello sobre nós dois, ele veio me questionar, não gostei. E ela, tornava a fazer mais e mais. Em outro momento, Fernanda julgando Kamilla sem nem saber o que tinha rolado com Kamilla, no episódio da aliança, André pediu: Não exponha a sua amiga, fale com ela antes. Mas, Fernanda já tinha desconstruído, julgado, feito cena contra a amiga Kamilla.

Resumindo, os seus diálogos eram sempre diminuindo os outros e se exaltando, de maneira que soasse para a edição como a mocinha que é atacada, a mocinha que é coração bão mas que os outros não enxergam, a mocinha que tem todas boas e melhores intenções do mundo em ajudar, perdoar...

De fato, o jogo baixo dela só enxerga quem tem ppv, pois é um jogo lento que uma edição, com o pouco tempo de programa que tem, jamais conseguiria mostrar. A menos que editassem como: A PEREGRINAÇÃO DA SANTA DO PAU OCO.. E, assim, a colocassem julgando A, B, C com flashs, mtos flashs!!!

Porém, a edição optou por sacrificar todos os outros ( Maroca, Eliéser, Kamilla, André) afim de exaltar a SANTA para o sofá. Santa essa q não foi capaz de levar sequer 11 milhões de votos, sendo ela uma suposta favorita.

Novelinha chata. Que para mim que não curto, nunca vou entender o BBB que assisto no ppv, sempre fazer campeões aqueles que são pintados na edição, nem sempre da forma que realmente são durante as 24h. É chato isso. Pois, ou vc opta em assistir como sofá e ser feliz com a ‘fantasia’, ou vc opta em assistir o ppv e sofrer com as consequências q a supostas realidade do sofá te trará, que é perder quem de fato movimenta o jogo, dar a vida, se compromete e etc.

POR QUE NASSER CAMPEÃO?

Acho que nunca tive NADA contra o jogo do Nasser. Até votar na Kamilla eu acho normal, mesmo torcendo por ela. Porque o jogo é isso, toda semana votar e ser votado. Ela também votou nele, ele votou nela e tudo certo. Não era aliados. Não eram amigos e nem cúmplices dentro do jogo. Kamilla sabia que tinha no Nasser um adversário e ele tb. Nasser era chato e encrenqueiro com a Kamilla, mas Nasser tb sabia ser fofinho quando queria, não posso negar que gostava dos momentos que ele era ‘legal’ com ela. E acho q tuitei algumas vezes sobre isso. Nasser sempre competiu bem nas provas, nunca negou que estava ali pra jogar. Encarou os paredões sem fazer confusão, sem se vitimizar, chorar. Diferente de Fernanda, nunca vi Nasser chegar e desconstruir seus aliados e amigos no jogo (ivan, andressa e até marcello) para terceiros.

E o episódio que ele misturou a vodka da Kamilla, tensa?
- Parto do principio q só se mete a beber, quem sabe beber. No meio da brincadeira onde tá rolando música, mta bebida, amigos doidos e bêbados e vc bebendo e perdendo ‘sentidos’ não tem como cobrar situações corretas de A, B ou C. Ou seja, ninguém pode ser responsável pela fraqueza do outro que se sujeita a beber. Ele errou, errou. Mas, não pode ser responsável diretamente ao fato sozinho. Pois ela se meteu a beber também. Se sentisse que tava alta, parasse, enfim... é o que penso. Ele não vai se tornar a pior pessoa do mundo por causa disso. Eu bebo, e adoro deixar os outros MTO BEBADOS, já pensou se eu fosse responsável pela inconsequências deles? Ou se eles acabassem cas amizades só porque os embriaguei? Não pode gente. No mundo real num é assim que funciona. Quem se mete há algo, se meteu e pronto.

Bom é isso.

NÃO ACHO QUE FERNANDA DEVA SER CAMPEÃ POR ESSES MOTIVOS CITADOS ACIMA... 

E, ACHO QUE NASSER MEREÇA, SIM, MAIS QUE ELA."

Texto ORIGINAL de autoria da @twittensa_ aqui: O JOGO DE VITIMIZAÇÃO DA FERNANDA!

 

sexta-feira, 22 de março de 2013

XIXI, VÔMITO E AFINS



Depois de passar dias e dias praticamente dormindo duas ou três horas por dia, ontem, justamente ontem, sucumbi ao sono e acabei perdendo a edição e praticamente toda a 1ª estapa da prova do líder. Quando acordei, Fernanda já havia usado todo seu poder de argumentação com Nasser (e indiretamente com os expectadores) para fazer com que ele abdicasse da brecha dada por Pedro Bial em relação à questão da possibilidade de fazer xixi. Naquele momento vi minha TL no Twitter revoltadíssima com Fernanda pelo motivo de ela ter feito uma suposta "lavagem cerebral" em Nasser e tê-lo convencido de que se o xixi viesse a acontercer, Nasser estaria tendo um benefício, uma vez que seu ponto fraco (xixi) seria amenizado e em contrapartida o de Fernanda (cansaço) não teria como sê-lo.

Não assisti a prova toda, nem sei ao certo se houve outras possíveis infrações de ambas as partes. Mas, até me contradizendo em relação ao que postei no Twitter durante a madrugada, de fato, concordo com Fernanda. A possibilidade de fazer xixi em uma prova dessas faz com que tenhamos um revigor para aqueles que sofrem dessa 'fraqueza'.  No caso de ontem, tínhamos ainda o agravante da água, do vômito e do rodopio do carro, que em conjunto com o xixi fariam dessa prova a mais asquerosa da história do BBB.

No fim Nasser honrou sua palavra de não xixizar no carro e após mais um pouco de argumentação de ambas as partes, acabou pedindo à produção que o retirasse do veículo. Os minutos que antecederam sua saída foram tensos, pois Nasser e Fernanda tiveram um embate verbal onde cada um queria deixar claro sua opinião e praticamente obrigar o outro a abaixar a cabeça e concordar, coisa que não aconteceu. Na retorno da casa, ainda tivemos um cena patética da Fernanda correndo pro banheiro, em minha humilde opinião, simulando um aperto de xixi totalmente descabido considerando o que estávamos vendo nos minutos anteriores. Este tipo de atitude de Fernanda é que faz com que eu seja um fervoroso torcedor contrário a ela, pois tentar se promover para edição em todas as oportunidades possíveis, deturpando a realidade que estamos vendo, é no mínimo, subestimar nossa inteligência.

Não sei ao certo como a edição de daqui a pouco vai mostrar o episódio do xixi contido de Nasser. Não acredito que haja material de queimação ou exaltação de ninguém. Então chegamos a três dias do final com o favoritismo de sempre. Fernanda não dá demonstrações de que escorregará no fim do percurso. Todas suas atitudes são extremamente calculadas e graças às intervenções do Bial no 'ao vivo' ela têm consciência de que pode estar a frente dos outros em termos de popularidade.

Nasser tem chances ainda. Um série de fatores pode contribuir para um equilíbrio nos votos do sofá, o que acarretaria em uma definição final que pode vir através da internet e suas redes sociais. Diversas matérias já foram divulgadas dando conta do benefício do favorecimento que contribuiu para a popularidade de Fernanda, isso somado à imensa e fanática torcida NADESSA e GRILETES pode vir a ser um fator que determine o vencedor desta edição.

Quanto ao mimimi que tenho ouvido no twitter a respeito de um possível paredão com Andressa amanhã e que a torcida do Nasser estaria votando contra ela, declaro desde já que não o farei e muito menos mobilizarei torcida para isso. Acho que Andressa, dos que estão lá, é a maior merecedora de estar naquela final, independente dos míseros votos que possa ter em seu favor para ser vencedora. Digo isso em função do esculacho que ela sempre sofeu nas edições. Caso tenhamos NADESSA na final com Fernanda, por exemplo, os votos migrarão para Nasser naturalmente. E o risco de termos uma divisão de torcida e isso tirar a possibilidade do gaúcho ser campeão é um risco inerente a qualquer dupla ou casal que chegue em uma final. Max, por exemplo, correu esse risco em 2009, e, de fato, quase perdeu o título para Priscila, mas nem por isso a torcida MAXINE cogitou embarreirar Francine na final para aumentar as chance de Max.

terça-feira, 19 de março de 2013

FERNANDA CONFESSA TER PLANEJADO EMPAREDAR NASSER E ANDRESSA EM UM DUPLO

video

Fernanda diz aqui nesse vídeo sobre com pensava que seria a formação do PAREDÃO que ela julgava ser DUPLO e como tentou emparedar NASSER e ANDRESSA para ELIMINAR UM DOS DOIS.

SEGUE ABAIXO TRANSCRIÇÃO EXATA DAS PALAVRAS DA FERNANDA NESTE VÍDEO: LEIAM ATENTAMENTE.

"Qual que foi o meu raciocício de jogo... (...) Primeiro, que esse paredão ia ser DUPLO. Porque o Miguel daria o ANJO para a Fani. Depois que o Vinicius Valverde falou da imunidade do Miguel, eu falei: 'o Miguel vai dar o ANJO para a Fani. Vão sobrar QUATRO pessoas para serem VOTADAS'. EU INDICARIA o NASSER ao PAREDÃO. Dessas QUATRO pessoas, NÃO formaria um paredão triplo, FORMARIA um PAREDÃO DUPLO, porque quatro pessoas, duas seriam emparedadas, dessas quatro pessoas EU INDICARIA O NASSER, a casa ficaria dividida entre VOCÊ e a ANDRESSA, EU SALVARIA VOCÊ DO PAREDÃO. Minha dor seria o seguinte, EU TE SALVARIA FELIZ POR TE SALVAR, mas também triste por EMPAREDAR A ANDRESSA COM O NAMORADO."

Caso queiram assistir a versão original na globo.com está neste link aqui: FERNANDA CONFESSA TER PLANEJADO EMPAREDAR NASSER E ANDRESSA EM UM DUPLO

HIPOCRISIA pouca É BOBAGEM

Se esse vídeo fosse divulgado na edição de ontem ou hoje, principalmente depois de FERNANDA passar a noite e o dia de ontem se fazendo de VÍTIMA, dizendo-se INJUSTIÇADA por ANDRESSA, ela talvez, NEM SE SALVASSE nesse paredão com ANDRÉ.

TRAMAR um emparedamento duplo de NASSER e ANDRESSA para salvar KAMILLA ? E agora dizer que ANDRESSA destruiu o sonho dela de chegar em uma final com ANDRÉ ???

Dizer no "ao vivo" que "PERDOA ANDRESSA" por ela ter votado nela e não na NATALIA ??? Sendo que, diferentemente de FERNANDA, a NATALIA torceu por NASSER e ANDRESSA quando estes estavam emparedados com KAMILLA enquanto FERNANDA gritava aos quatro ventos e pedia na postagem do raio-x "#FICAKAMILLA.

VAMOS ESPALHAR ESSE VÍDEO



O baque com a edição de ontem foi grande, confesso. MAS NÃO VAMOS ESMORECER. LUTAREMOS até o anúncio final na próxima terça-feira, dia 26 de março de 2013. CONTO COM VOCÊS.

segunda-feira, 18 de março de 2013

PRINCESA TRAÍDA SIM, POR SEU PRÓPRIO EGOCENTRISMO



Então, depois dos acontecimentos de ontem à noite, a pergunta que não quer calar, é como a edição conduzirá os acontecimentos que desde então vêm se passando por aquela casa no embate dos dois casais. A história que Nasser e Andressa construíram ao longo de quase 70 dias nos faz acreditar que a verdade possa ultrapassar as barreiras do PPV e do Twitter e transcenda os lares de quem optou em recusar-se a comprar o casal-FAKE-real invadindo as milhões de residências dos expectadores do sofá. Só dependemos disso para termos Nasser e Andressa na final com um dos dois campeão. Apenas isso, que a verdade esteja disponível a todos que estão dispostos a aceitá-la.

Entendo que, para os fãs do castelo, pareça ser um pouco de presunção da minha parte dizer que o que eles acreditam não é verdade. Entendo em parte e lamento por completo. Um dos casais mais impostos de toda a história do BBB são André e Fernanda. Desafio alguém que queira ter o trabalho de pesquisar a assistir na globo.com todas as íntegras desta edição e contabilizar os minutos de exibição de cada um dos casais citados. Quem estiver disposto aproveita também para anotar a quantidade de inserções de trilha sonora musical. Façam as contas e comparem os minutos de exibição de Nasser e Andressa ao casal-FAKE-real. Quanto à trilha sonora para Nadessa, acho que a quantidade de inserções de fundo musical ao longo de 70 dias de programa deva caber nos dedos de apenas uma mão. Já a quantidade de vezes que ouvimos musiquinha para o casal-FAKE-real é praticamante incalculável de tantas vezes que isso aconteceu.

Quem escreve aqui é um dos maiores expectadores de BBB nos últimos 10 anos. Ao menos pessoalmente, nunca vi uma pessoa que abdique de parte de sua vida pessoal ao longo de 3 meses por ano, durantes 10 anos, para acompanhar 24 horas de PPV e em algumas edições, ainda escrever sobre o assunto. Com essa bagagem considerável que afirmo categoricamente que se Nasser e Andressa tivessem um décimo, digo UM DÉCIMO, das oportunidades que André e Fernanda tiveram ao longo dessas quase 70 edições, a essa altura, já seriam DISPARADOS os FAVORITOS para ganhar esta edição. Mas, infelizmente, os caminhos escolhidos para eles foram outros. Sorte a nossa (e a deles) que da mesma forma que fizemos um exercício de raciocínio e optamos em pensar ao invés de "comprar pensado", eles também fizeram suas escolhas lá dentro e fugiram dos esteriótipos que lhes ofereceram.

Mas projetando o futuro, o que tem pra hoje é o seguinte. Provavelmente, esta noite, já teremos fortes indícios do provável vencedor do BBB13. Com 5 minutos de edição me atrevo a formar uma opinião. Temos apenas dois caminhos para a brincadeira de Bones: Andressa traíra e Fernanda vítima ou a  realidade que assistimos, Fernanda intolerante, egocêntrica e soberba e Andressa, antes preterida por Kamilla, agora, por isso, fiel à Natália. O público do castelo não tem condições de fazer uma leitura fiel dos fatos, pois sempre viveram no mundinho do reino encantado, uma verdadeira realidade paralela ao que de fato acontecia. Não tiveram a capacidade de observar o quanto Andressa se sentiu rejeitada por Fernanda com a chegada de Kamilla. Não observaram que em dois paredões seguidos sem a mínima necessidade de auto-defesa, o quarteto combinou votos em Ivan e Nasser e assim o fizeram. Não atentaram para o fato de que Nasser foi indicado em 4 oportunidades ao paredão, sendo uma por combinação do quarteto e em outras três diretamente por Kamilla, Fernanda e André. Não conseguem enxergar o óbvio de que o casal-FAKE-real colocou Nasser e Andressa juntos no paredão sem pestanejar. Enfim. Só não vê a verdade de fato como ela é, quem não quer. Sugiro aos editores que da mesma forma que Fernanda teve um VT especial da "AdvoGATA" e André idem, exaltando sua "elovução" como participante, também tenhamos um VT da perseguição que Nasser sofreu sendo emparedado 4 vezes pelo castelo e seus comparsas. Se isto acontecesse na edição de amanhã, por exemplo, já teríamos um campeão desde já.

Nos resta agora esperar pelo improvável, que já não é tão improvável assim. O improvável de hoje tem uma amplitude e uma importância muito maior do que o improvável de ontem. O inacreditável e impossível de acontecer ontem tornou-se o improvável de hoje, podendo ainda se tornar a realidade de amanhã. Acreditemos e façamos por onde. Já viramos o mundo pelo avesso nesta edição. Falta pouco para cravarmos a maior virada da história de um reality show brasileiro.

sexta-feira, 15 de março de 2013

ORGULHO, COVARDIA e VAIDADE


Foto emblemática essa. Quem acompanhou o desespero de Andressa quando se deu conta da derrota, provavelmente chorou. Foi foda ver essa guria que passou a maior parte do tempo cantando e dançando desmontar-se física e emocionalmente perante o André. Ficou o reconhecimento através da tag #OrgulhoAndressaGanacin, utilizada exaustivamente no Twitter logo após a definição do líder.

Não costumo postar dois dias seguidos, pois não tenho tempo disponível para isto, mas o fato de hoje foi extraordinário e não poderia passar em branco. O embate de Andressa e André se fazia mais do que necessário, e aconteceu de forma espetacular, durante cerca de 16 horas, que foi o tempo aproximado que os dois ficaram a sós na prova. Pouco assisti dessas horas, mas acompanhei praticamente tudo que ocorria pelo Twitter. Minha TL se tornou uma narrativa em tempo real durante todo esse período. A cada 'André vai cair', 'André quase escorregou', 'André vai desistir', renascíamos em esperança. E foi assim o dia todo, talvez um dos mais improdutivos para mim, profissionalmente falando, dos últimos meses.

Tenho o defeito (outros dizem qualidade) de sempre buscar o lado positivo nas desgraças, e é o que tenho feito nesta edição. Muitas vezes acertadamente, outras não. Vamos ver se acerto mais uma vez. Acredito que hoje, André teve a oportunidade nas mãos de cravar um lugar na final, e a jogou no lixo. O fez pelo descontrole e a incapacidade em lhe dar com dois sentimentos tão inerentes quanto traiçoeiros ao ser humano.

A covardia e a vaidade cegaram André hoje. De desprezo, passei a ter pena dele. Pobre rapaz, ainda vai aprender muito na vida. Talvez não tenha tido a necessidade e oportunidade de evoluir como pessoa. Pelas vazio das conversas dele isso se confirma. Vejo uma personalidade fútil, com pouquíssimos valores definidos e afogada num mar de vaidade e covardia. É um típico caso de vergonha alheia para mim. O rapaz (reconhecidamente atlético) competiu em prova de resistência com Andressa (que mal sabe o que é uma esteira elétrica) e passou 16 horas disputando-a de igual para igual, como se os objetivos e as consequencias para os dois fossem os mesmos. Foi, no mínimo, constrangedor de assistir.

Enfim. Sem me alongar. Fica a dica. PERDEU PLAYBOY. Levou mas não ganhou. Quem sai dessa prova com milhares de pessoas que se identificaram (talvez milhões a depender da edição de daqui a pouco na TV aberta) foi a Andressa. No fim das contas torci contra ela. De forma fria e calculista, sabia que se ele a entregasse essa liderança isso poderia ser usado em favor dele e em algum momento contra ela. Penso maior e por isso penso assim. Lembrem-se que há cerca de um mês falei de forma figurada que esse BBB era da ANDRESSA GANACIN. De certa forma já foi, mas ainda pode ser mais. Que seja então.

quinta-feira, 14 de março de 2013

SEJAMOS #TEAMNADESSA ATÉ O FIM

E ontem, no dia 13 do 3 do 13, tínhamos 13 dias para o término do BBB 13. Tivemos anúncio de Papa argentino e uma enxurrada de DR's na madrugada que se seguiu. Será resultado de tanto 13 ???
 
E falando em datas, no dia 12 do 2 do 13, mais conhecido como quarta-feira de cinzas pós carnaval, decidi fazer um desabafo por via deste blog. Desabafo esse que foi lido ao menos por quatro mil pessoas naqueles dias. Nunca antes um post meu havia tido tantas visualizações. O 'ANDRESSA GANACIN, ESSE BBB É SEU.' foi um divisor de águas para este blog e, sem o mínimo de modéstia, acredito, que também para a torcida de Nasser e Andressa. Naquele dia, nunca havia visto um twitt meu circular tão rapidamente e por arrobas tão distintas, em prol de um único objetivo, denunciar as atrocidades que estavam sendo cometidas contra Nasser e Andressa na condução das edições abertas e do próprio site oficial do BBB13, que invariavelmente escondiam ou distorciam a realidade dos fatos.

Aquele primeiro post era para ser de despedida e acabou virando de boas vindas. A mobilização que vi nesses últimos 30 dias na web, já posso considerar desde já, a maior de um BBB, desde quando o acompanho através das redes sociais (acredito que a partir da 9ª edição). Depois que vi a quantidade de pessoas que compartilhavam comigo da mesma opinião em relação ao que acontecia de fato na casa e ao que era mostrado a noite para as tias do sofá , me senti, de certa forma, com a obrigação de levar aquela empreitada adiante, e assim o fiz.

Vieram textos e mais textos, a maioria deles carregada e alimentada por um sentimento de profundo desprezo pela condução torta, manipuladora e maniqueísta  que esta edição vinha tendo. Mais uma vez teríamos um BBB onde os pseudos 'coração baum' venceriam ?? I HATE CORAÇÃO BAUMMM !!!!

Da mesma forma que escrevi neste primeiro texto que naquele momento acompanhávamos edições que davam indícios de um péssimo rumo para o programa, hoje, reconheço, que muita coisa mudou. Nesses 30 dias sofremos o pão que o diabo amassou. Fomos execrados em rede nacional. Quando digo fomos, me refiro a Nasser, Andressa e a imensa torcida que os acompanha. Nasser e Andressa, conhecidos como uma identidade só chamada NADESSA eram ridicularizados nas edições abertas. Isso, quando apareciam, pois em vários episódios, sequer os editores se davam o trabalho de achar um momento NADESSA que pudesse ser levado ao expectadores do sofá. Éramos massacrados pelo castelo ou pelo quarteto em termos de minutos de exibição. Assistia às edições com uma caixa de Dramin ao meu lado para casos súbitos de nauseas provocadas por aqueles quatro que nem vale a pena citarmos os nomes.
 
Acontece que o tempo foi passando e as edições idem, e acabei me perdendo no meio delas. Não sei ao certo quando a coisa começou a virar. Mas lembro-me que Nasser e Andressa apenas tinham os momentos ao vivo para se fazerem presentes naquela casa. Somente quando falavam com o Pedro Bial que não podiam ser editados. E foram nesses momentos que o Gaúcho e a Paranaense começaram a brilhar. A cada chamada do Bial, Nasser e Andressa exalavam carisma e segurança nas palavras que pronunciavam. Acho que o primeiro dia de razoável satisfação que tivemos com Nasser e Andressa no 'ao vivo' foi quando a Cianortense ganhou o jogo da discórdia e 10 mil reais em um embate com o tal do Eliéser. Embate esse que me fez inflar de orgulho por ter descoberto, mesmo com todos querendo esconder, essa guria chamada Andressa Ganacin. Escrevam o que digo, naquele dia, Andressa, com sua segurança e poder de persuasão arrebatadores, começou a escrever o seu nome na história desta edição.
 
E foi assim que Nasser e Andressa construíram uma única história, cada um apoiado no outro. Não me venham dizer o contrário. Nem Nasser nem Andressa estariam ali até hoje se não tivessem cativado tanto o público do PPV enquanto eram esquecidos ou massacrados pelas edições. Foi através da história que construíram em conjunto que despertaram tanta identificação em milhares de pessoas que queriam uma Andressa ou um Nasser para si e que riam e choravam com eles diariamente no PPV. Somente em casal que puderam expor o que havia de melhor naquelas personalidades. Ambos entraram na casa obstinados a não terem nenhum envolvimento amoroso. Cada um tinha um esteriótipo que julgava ser o melhor para suas respectivas permanências. Andressa, a menina do interior que desconhecia os prazeres mundanos e Nasser, o jogador articulado que sabia separar amizades de votos. Tudo caiu por água abaixo. Hoje em dia, vejo Andressa como a mulher mais sensual da casa disparada botando as outras no chinelo e o Nasser jogador articulado, se perdendo todo em suas emoções, chorando ao vivo nos dias de eliminação, fazendo a platéia ao lado de Bial chorar e as tias de sofá se apaixonarem cada vez mais. Andressa sem Nasser teria descoberto esse seu lado de mulher fatal que seduz homens e mulheres lá dentro e aqui fora ??? Nasser sem Andressa teria tido a oportunidade de demonstrar o ser humano dos melhores que é, de tal forma que somos capazes de dizer que queríamos tê-lo como filho, irmão ou amigo de infância ???
 
#TEAMNASSER e TEAMANDRESSA, NÃO ME VENHAM COM CHORUMELAS !!! Reflitam e não sejam inconsequentes e egoístas em função de suas preferências. Procurem ser justos com cada um do casal e assim serão com os dois juntos. Tenho certeza que assim que eles chegarem aqui fora ficarão orgulhosos de sua torcida, que, diferentemente de outras, mesmo nos momentos de dificuldade, estiveram sempre unidas. Até o fim.
 
Reconheçam que as maiores VIRTUDES de cada um do casal só puderam ser exibidas e exaltadas em função da ABNEGAÇÃO do outro em servir de ESCADA para seu parceiro. Deixem por ora de ser #TEAMNASSER ou #TEAMANDRESSA e tornem-se #TEAMNADESSA. Construímos essa hístória contra tudo e contra todos. Fomos contra uma máquina que tem poder de manipulação de milhões de pessoas. Tivemos a capacidade que nem todos têm de fazer nossas próprias escolhas e não deixar que pensassem e fizessem-as por nós. NÃO JOGUEM ISSO TUDO NO LIXO AGORA. E estão prestes a fazê-lo quando DIVIDEM-SE em DUAS TORCIDAS e esquecem que ainda só existimos aqui fora e eles lá dentro, porque, em determinado momento, RESOLVEMOS COMEÇAR como UM SÓ, porém, juntos em DOIS, que acabaram tornando-se MILHÕES que nós somos. Mas ainda assim, a ESSÊNCIA é a MESMA, a de UM SÓ, a do #TEAMNADESSA.
 

sábado, 9 de março de 2013

PAREDÃO DE DOMINGO 10 DE MARÇO DE 2013


ATENÇÃO PARA A MOBILIZAÇÃO DAS TORCIDAS DESDE JÁ NO TWITTER ! ! ! ! !

MARATONA de MUTIRÃO por 48 horas no @SuporttNasser com a RAFA e a THAY.   






quarta-feira, 6 de março de 2013

BIG CONTO BRASIL 13



Muito se fala nesta edição 13 do BBB a respeito da edição propriamente dita que tem sido feita de alguns personagens. Personagens ? Como assim Bial ? Não se trata de um Reality Show ? Reality Show tem personagem ou participante ? Na escola de Boninho, o 'show' acaba se sobrepondo à realidade, quando na verdade, a realidade deveria ser o pilar principal da atração. Complicado... Mas foi assim mesmo que esse ano ficou. Pra não dizer PUXADO, PUXADÍSSIMO...

E sobre este assunto de edição não falo mais nada. Deixa estar... Li em algum lugar de muito crédito que "os humilhados serão exaltados e os exaltados serão humilhados" Não que queira mal à alguém que está naquela casa, mas sabemos que nada que é dado de tão mão beijada tem o mesmo valor do que é verdadeiramente conquistado. E é sobre essa conquista que é este texto.

Em treze anos de BBB, nunca vi uma mobilização tão grande em função de um par de participantes (sim, participantes e não personagens), tendo esses, a campanha contra que tiveram, sendo exaustivamente ignorados e denegridos em todas as oportunidades em que os editores do programa tiveram para fazê-los. Impressiona-me o quanto essa situação de adversidade contribuiu para que, as pessoas que enxergavam além do óbvio, cada vez mais se fortalecessem em um só objetivo. A dedicação de pessoas como a Thay e a Rafa é de emocionar qualquer um. Típico sentimento altruísta, que não tem nenhuma expectativa além do que ver quem nos identificamos livre do fardo de ser eternamente perseguido sem nenhum tipo de justificativa.

Esse parágrafo vai para a ANDRESSA e para o NASSER. Coloco dessa forma, porque sei que ambos lerão todos os textos desse blog quando saírem. Tenham a absoluta convicção de que todos os seguidores de suas respectivas contas no Twitter (@OficialGanacin e @NasserOficial) são verdadeiros guerreiros e heróis da resistência. Cada um que ali está seguindo-os sofre há dois meses o efeito do BCB (Big Conto Brasil). A cada edição que era veiculada na TV aberta, nos decepcionávamos por mais uma vez constatar que a REALIDADE dava lugar ao CONTO. O crescente sentimento de um casal que acompanhávamos e víamos nascer entre dúvidas, inseguranças e desejos,  dava lugar a dois romances de quinta categoria. Quatro personagens que foram criados pelo autor do Conto e diretor do programa. Um desses personagens se rebelou e abandonou o projeto no meio do caminho. Foi duramente punido por seu desacato, indo ao mármore do paredão e sendo defenestrado da casa. O outro personagem havia traçado o mesmo caminho, tentando rebelar-se também contra o roteiro que lhe foi definido, mas a eliminação de seu colega de atuação lhe fez repensar sua conduta profissional e que retomasse o roteiro do casal do Castelo que também havia sido abandonado por ele.

Enfim, cada um tem os protagonistas que merece. E cada participante tem os seguidores que merece. Temos NASSER e ANDRESSA. E eles têm a nós. Alguns milhares escolheram Eliéser e Kamilla e hoje optam por André e Fernanda. Sinceramente, desculpem-me se levo essas escolhas a sério demais, mas tenho pena dessas pessoas. Não consigo admitir alguém que em sua plenitude das faculdades mentais consiga torcer por Eliéser, Kamilla, André ou Fernanda. É muita falta de discernimento da verdade em relação à mentira. Chega a ser uma afronta à minha inteligência. Optar em ouvir um diálogo do André com a Fernanda a um diálogo do Nasser com a Andressa deveria ser um caso de estudo psicológico. Por isso que novamente lhes digo (Nasser e Andressa): Vocês conseguiram aglutinar em suas torcidas o que há de melhor nesse meio. Vejam os comentários nos textos desse blog. Dá orgulho de fazer parte disso. Não trocaria nossas contas com mais ou menos MIL seguidores (e aí me incluo entre os seguidos) por nenhuma conta com VINTE MIL que estivesse dando sopa por aí. Tenham certeza que esses mais ou menos MIL seguidores, se esforçaram, sofreram e trabalharam por vocês mais do que os VINTE MIL da concorrência. No dia em que vocês estiverem aqui fora, entenderão o que estou dizendo.

Agradeço a Thay que está sendo de uma importância muito grande nessa empreitada, administrando o @SuporteGanacin e o @OficialGanacin, conta oficial da Andressa, aprovada por sua irmã a Suellen. E a Rafa, que mobilliza multidões atraves do @SuporttNasser.

Não sei ao certo até onde isso irá, muito menos até quando. Mas acredito que, todos nós que nos envolvemos nesse projeto de levar ao Brasil a realidade dos fatos e lutar pelo tratamento igual aos participantes, nos sentimos parcialmente com a sensação de dever cumprido. Nasser e Andressa já perderam muita rejeição e hoje em dia já despontam em algumas pesquisas entre os favoritos, coisa nunca antes imaginada há algumas semanas. Pode ser que esse movimento cresca ou que tenhamos esgotado nossas forças. Depende de nós. Iremos, já que estamos aqui, até o fim com eles. Seja onde for e quando for. Pode ser na próxima terça ou no último dia do programa, vai saber...

segunda-feira, 4 de março de 2013

#FICANASSER



Por uma ironia do destino, no dia 9 de janeiro deste ano, há quase 60 dias, acordei e me deparei no meu PPV com um embate entre DHOMINI e NASSER. Acabei, naquele momento, optando em torcer pelo ex-BBB por quem sempre tive certa simpatia. A prova valia um Punto e uma dupla imunidade, uma para si próprio e outra para um imunizado a ser escolhido pelo vencedor. Até então, pouco ou quase nada havíamos conhecido do tal gaúcho com pinta de alternativo, braço quase fechado de tattoo, alargador nas orelhas e chapinha no cabelo. Reconheço que não simpatizei com o cidadão logo de cara. Gaúcho normalmente transmite certo ar de superioridade. Percebi isso em Nasser inicialmente. Ledo engano. O sotaque aparentemente 'forçado', na verdade, tratava-se apenas de um pouco de bairrismo, característica tão comum naquela região.

Acho que nesse momento tão importante, pouco vale a pena citar os acontecimentos de ontem em relação à votação no paredão que acabou por eliminar o Marcello. Mas vamos ao menos ao básico: A intervenção do diretor da atração por meio de seu Twitter no início da tarde dizendo que a votação estava 'apertada' com 'troca direta de eliminado'. Foi uma das maiores (quiçá a maior) manobras de favorecimento dos últimos tempos em um reality show brasileiro. Naquele momento, das 21 enquentes apuradas, Kamilla estava saindo em 90% delas, com uma margem de erro de quase 15% a mais na média proporcional. A torcida da Miss já tinha jogado a toalha há algumas horas pois a tendência visível era de aumento da vantagem do Marcello. No Twitter da Fani Pacheco (nova BFF da Kamilla), quem a representa e escreve por ela discutia (e reconhecia) com um sem número de fãs da Kamilla o motivo de sua suposta (até então) eliminação. A 'ghost writer' da Fani dizia que apenas no mundo virtual conseguia enxergar fãs da Kamilla, pois entre as pessoas com quem falava pessoalmente, todas tinha rejeição à paraense. Entrei nas principais contas dos organizadores da torcida da Miss e quase todos já haviam desistido de puxar os famosos mutirões. Eis que Boninho surge sem mais nem porquê e muda drasticamente o rumo de uma votação praticamente ganha, com uma interferência mais que direta que poucas vezes foi vista na história do Big Brother no Brasil. Não quero acreditar na hipótese levantada por muitos de que o comentário no Twitter a respeito da votação estar empatada seria apenas um subterfúgio para uma posterior manipulação direta nos números finais do resultado. Sinceramente, desconsidero essa possibilidade, pois, se de fato isto tiver acontecido, estaríamos tratando de um caso de polícia.

Considero a tregetória de Nasser ao longo desta edição como a mais dificultosa de todas, juntamente com a de Andressa. Nunca vou entender ao certo o momento em que os dois foram escolhidos pelos editores para se tornarem os antagonistas de André e Fernanda. Lembro-me que logo após uma das noites que em Nasser e Andressa dormiram juntos ainda sem assumirem a relação, tiveram uma DR na manhã do dia seguinte 'terminando' o que nem tinha começado. A cena foi à edição noturna daquele dia, de forma bem graciosa. Parecia que ali começava a big love story do BBB13. Mas em poucos dias, diferentemente do rumo que parecia ter sido traçado incialmente para Nasser e Andressa, quanto mais se aproximavam, mas os editores os ignoravam. Eram excessivamente denegridos pelas notícias do site oficial e solenemente ignorados pela edição noturna da TV aberta. Não culpo apenas os editores do programa por isto, Andressa e Nasser tiveram uma boa parcela de responsabilidade por esta mudança de foco da edição. Enquanto a edição caçava um casal para despertar a identificação dos milhões de de sentimentais que assistem ao programa na TV aberta, Andressa renegava aos quatro ventos os beijos que dava embaixo das cobertas em Nasser. O Brasil todo já sabia que eles já tinham uma relação, noturna que fosse, mas a negação inicial de Andressa, (talvez prevendo o julgamento pesado que estava por vir), retardou em muito o reconhecimento por todos, de que, de fato, eles eram um casal. Passaram a ser vistos como o casal proibido que estava cometendo o pecado mortal. Nasser sempre cobrava que Andressa os admitissem como casal, mas em contrapartida também não facilitava muito a situação da paranaense que apenas carecia de um pedido de namoro oficial, uma vez que por estar supostamente 'traindo' seu namorado em rede nacional, a única forma do país perdoá-la seria mediante à um grande história de amor editada em TV aberta com diversos VTs embalados por Bruno Mars e músicos afins.

NADESSA, como são chamados pelos milhares de fãs do casal, perderam o time ('tempo' in english, não 'time' em português) de serem O CASAL desta edição. Foram atropelados pelo pelo reserva FERNANDRÉ, a quem a edição teve que sucumbir mediante a demora de Nasser e Andressa em se assumirem. Fernanda e André são um produto mal e porcamente acabado, de validade já vencida. O asco com que o pseudo modelo trata Fernanda é visível. De fato a relação não passa de amizade e de uma forma do rapaz despejar o tesão acumulado. Sentimento de homem para com uma mulher? Não acredito. André apenas retomou o romance após ver o amigo Elieser dar adeus à competição, talvez, pelo julgamento de André, em função do paranaense ter terminado seu romance com a Kamilla.

Quem acompanhou Nasser e Andressa durante esses quase 60 dias sabe do que eu estou falando. Poucas vezes vi um casal com tanta química em reality show brasileiro. Comparo eles a Supla e Bárbara Paz que protagonizaram em 2001 no SBT, a Casa dos Artistas, 1º reality show brasileiro. Apesar desses dois na época não terem dado continuidade ao relacionamento aqui fora, entendemos que isso se dá por um conjunto de fatores e se de fato isto acontecer com NADESSA, será totalmente compreensível tendo em vista os mundos completamente diferentes em que vivem e círculos sociais totalmente opostos. Mas nada disso se vier a acontecer apagará a verdade nos olhos de cada um durante os dias em que estiveram lá. Minha TL no twitter vibrou a cada momento em que eles estiveram juntos, quer fosse em uma festa, tarde no futon, prova de comida, anjo ou líder. Tudo era motivo para nosso sofrimento e alegria nessa gangorra de emções que o casal nos proporcionava. Nas duas semanas em que os dois ficaram em casas separadas, dava pena de vê-los se desdobrando para ficar juntos sem que pudessem dormir juntos. E ainda tivemos o peso morto do Ivan que atrapalhou e retardou muito o amadurecimento do casal e ainda contribuiu para queimá-lo perante o público do sofá. Um falso mediador que na verdade se aproveitava das inseguranças de Andressa quanto aos sentimentos de Nasser para se aproximar cada vez mais da paranaense. Esses quase 60 dias ficarão guardados em nossa memória e uma pequena amostra deles registrada em vídeo aqui pela web.

Ainda assim, considerando todo o passivo da trajetória do Nasser ao longo desta edição (pequena parte de sua responsabilidade e a maior parte construída pelos editores), ele vem confrontando aos poucos o destino que haviam lhe traçado. Jogador e estrategista assumido tentaram fazê-lo de vilão, mas o carisma singular do gaúcho no meio de uma monte de panacas do tipo de André e Eliéser não o deixou ser escorraçado em um paredão com um ex-BBB com mais de 150 mil seguidores do Twitter. E quem sabe esse mesmo carisma faça com que ele despache de uma só vez, duas veteranas que sequer deveriam ter entrado naquela casa. Juntas, têm quase 400 mil seguidores no Twitter. Se de fato Nasser conseguir a proeza de se safar neste paredão, estará rasgando todas as páginas do roteiro que havia sido escrito pra ele e com certeza cravando um lugar para si na final desta edição.

Não sei ao certo o resultado de amanhã. Mas a tendência é que, com a saída de Nasser, minha constância por aqui fique cada vez mais difícil. Nasser saindo por aquela porta, meio BBB acaba pra mim. E na semana que vem, com a provável saída de Andressa, a outra metade se vai. Aí, senhoras e senhores, nos veremos apenas em 2014. Mas enquanto há vida há esperança. #FicaNasser.